Um criativo é um estudante eterno, aprimorar seu trabalho e conhecer novas técnicas e pensamentos faz parte de um bom profissional. Cursos é uma boa opção para se renovar e manter seu trabalho em forma, mas vamos combinar, nem sempre é a alternativa mais em conta para esse fim. Quer uma opção mais barata e que pode sempre estar com você? LIVROS.

Produzimos uma listinha básica para você se atualizar, mesclando livros para criativos, para designer e para aqueles que querem uma imersão no neuromarketing. Vamos lá?

Para criativos e seus processos

Criatividade S.A.: Superando as forças invisíveis que ficam no caminho da verdadeira inspiração – Catmull, Amy Wallace

Sinopse: Qual a fórmula por trás de filmes adorados por multidões como Toy Story, Monstros S.A. ou Procurando Nemo? Em Criatividade S.A., Ed Catmull conta a trajetória de sucesso do mais importante e lucrativo estúdio de animação da atualidade, a Pixar, que ele ajudou a fundar, ao lado de Steve Jobs e John Lasseter, em 1986. Dos encontros da equipe às sessões de brainstorm, Catmull mostra como se constrói uma cultura da criatividade, num livro definitivo para quem busca inspiração para os próprios negócios.

Um “toc” na cuca – Roger Von Oech

Sinopse: Manual para treinamento em criatividade e reciclagem de pessoal. O autor detecta os bloqueios mentais que inibem as atitudes inovadoras e usa recursos de humor para estimular as pessoas que temem errar e caem na rotina.

Roube como um artista – Austin Kleon

Sinopse: Verdadeiro manifesto ilustrado de como ser criativo na era digital, Roube como um artista, do designer e escritor Austin Kleon, mostra com bom humor, ousadia e simplicidade que não é preciso ser um gênio para ser criativo, basta ser autêntico. Baseado numa palestra feita pelo autor na Universidade do Estado de Nova York que em pouco tempo se viralizou na internet, Roube como um artista coloca os leitores em contato direto com seu lado criativo e artístico e é um verdadeiro manual para o sucesso no século XXI.

O olhar da mente – Oliver Sacks

Sinopse: Um escritor que perde a capacidade de ler. Uma pianista que confunde um guarda-chuva com uma cobra. Indivíduos que só enxergam imagens bidimensionais ou não reconhecem rostos. Nos casos relatados em O olhar da mente , do neurologista inglês Oliver Sacks, a ciência é sempre vista a partir da experiência humana. Nesse percurso se mesclam, de forma ao mesmo tempo rigorosa e afetiva, informações técnicas sobre distúrbios da memória, da fala e de outras funções cerebrais e a narrativa de suas consequências no dia a dia de pacientes e familiares.

Em Inglês: Creative Confidence – David e Tom Kelley

Sinopse: Os “tipos criativos” são um mito que os autores David e Tom Kelley tentam derrubar mostrando como libertar o potencial de criatividade que existe em cada um de nós. Bom para refletir sobre o que é uma carreira produtiva e bem-sucedida.

Design

A Psicologia das Cores – Como as cores afetam a emoção e a razão – Eva Heller

Sinopse: Este livro aborda a relação das cores com os nossos sentimentos e mostra como as duas coisas não se combinam por acaso, já que as relações entre ambas não são apenas questões de gosto, mas sim experiências universais profundamente enraizadas na nossa linguagem e no nosso pensamento. Organizada em treze capítulos, correspondentes a treze cores diferentes, a obra oferece um rico painel de informações sobre as cores: de ditados e saberes populares até sua utilização na área de design de produto, os diversos testes baseados em cores, as terapias cromáticas, a manipulação de pessoas, os nomes e sobrenomes relacionados com as cores etc.

Padrões de Design Para Aplicativos Móveis – Theresa Neil

Sinopse: Quando você está sob pressão para produzir um aplicativo móvel com um bom design e fácil de navegar, não há tempo para reinventar a roda. Este livro conciso proporciona uma referência útil para 70 padrões de design de aplicativos móveis, ilustrada por mais de 400 screenshots de aplicativos atuais para iOS, Android, BlackBerry, WebOS, Windows Mobile e Symbian.

Design Thinking. Uma Metodologia Poderosa Para Decretar o Fim das Velhas Ideias

Sinopse: Este livro introduz a ideia de Design Thinking, um processo colaborativo que usa a sensibilidade e a técnica criativa para suprir as necessidades das pessoas não só com o que é tecnicamente visível, mas com uma estratégia de negócios viável. É uma abordagem centrada no aspecto humano destinada a resolver problemas e ajudar pessoas e organizações a serem mais inovadoras e criativas.

Neuromarketing

Rápido e Devagar: Duas Formas de Pensar – Daniel Kahneman

Sinopse: Daniel Kahneman, ganhador do Prêmio Nobel de Economia por pesquisas que colocam em xeque a ideia de que a nossa tomada de decisões é essencialmente racional, é um dos mais importantes pensadores do século XXI. Suas ideias tiveram um impacto profundo em muitas áreas, incluindo economia, psicologia, medicina e política, mas é a primeira vez que o autor reúne seus muitos anos de pesquisa e pensamento em um único livro.

A Lógica do Consumo – Martin Lindstrom

Sinopse: Estudos revelam que é preciso menos de dois segundos e meio para que um consumidor tome a decisão de comprar. As empresas sabem que têm menos de dois segundos para atrair seus olhos, capturá-lo e torná-lo um cliente. Em A lógica do consumo, o guru do marketing Martin Lindstrom leva o leitor aos bastidores das pesquisas que explicam por que determinado produto vende e mostra como o nosso cérebro responde aos muitos estímulos da propaganda. Num texto leve, Lindstrom apresenta casos reais de estudos de neuromarketing para desfazer mitos como, por exemplo, o impacto do sexo na mente do consumidor.

O Cérebro Consumista – A. K. Pradeep

Sinopse: Até 95% das nossas decisões são tomadas no nível subconsciente. O Cérebro Consumista analisa como a neurociência pode influenciar a nossa maneira de agir, comprar, vender e usufruir de tudo, bem como a forma como esse novo conhecimento pode melhorar a vida dos consumidores de modo geral. Este livro aborda uma imensa gama de assuntos, de desenvolvimento de produtos e embalagens até o marketing nos pontos de venda. Este é o seu guia para a fronteira decisiva dos negócios – o cérebro humano –, e a neurociência está elevando o marketing a um novo patamar. As empresas que trabalharem com neuromarketing conseguirão conquistar e atender seus consumidores com maior eficiência.