No dia 2 de novembro Banksy deu uma “tea party” do lado de fora do hotel The Walled Off Hotel, na Palestina, próxima a um campo de refugiados. É claro que a festinha era uma cutucada afrontosa na coroa britânica. Acontece que no dia 2 de novembro de 1917 houve a declaração de Balfour, onde o governo britânico facilitou o estabelecimento do Lar Nacional Judeu na Palestina. Isso colocou a GB ao lado de Israel na guerra entre Israel e Palestina e os palestinos chamaram o episódio de uma injustiça histórica.

Na “tea party”, Baksy “comemorou” essa declaração com chapéus em formato de coroas pintados com a bandeira da Grã-Bretanha e riscados com balas, além de uma Rainha Elizabeth II bem performática. No muro do hotel (e do evento de Banksy), o artista cravou a frase ‘Er, SORRY’, junto com uma pequena coroa. O episódio está sendo chamado de ‘Apology Party’ (festa de desculpas).